Namoro express




Júlio é um rapaz de 25 anos... Mora em São Paulo, essa metrópole maluca, a tal ''Locomotiva do País''. Tem emprego, faz faculdade, e às sextas, vai ao bar com os amigos tomar umas, como todo bom universitário. Sua rotina é um tanto bagunçada, mas ele tem tempo para trocar umas ideias com ela.
Luciana tem 21. Mora em uma cidade do Sul do país, boa para turismo e com grandes festas regionais e bem tradicionais. Estuda na faculdade e está terminando o curso de inglês, mas ainda não trabalha. Passa o dia pensando nele.

O fato é que Luciana gosta muito mais do Júlio do que ele dela. Não que ele não goste dela. Gosta sim... Mas gosta como uma boa companhia para quando ele viaja para o sul... Ela quer é namorar!

E tamanha era a vontade de namorar, que ela encheu tanto, mas tanto o Júlio com esse assunto, que, finalmente, por msn, convenceu-no de que seria uma boa namorar.

- Mas Lu, como é que você quer namorar? Estamos a 600 quilômetros de distância!
- A gente dá um jeito, Ju! A gente junta dinheiro, eu vou pra São Paulo, você vem pra cá... Vai dar supercerto!
-  E eu não tenho dinheiro para ir e voltar com tanta frequencia...
- Eu começo a trabalhar, sei lá! Eu gosto muito de você pra não te namorar! Você é a única pessoa com quem eu tenho vontade, de fato, de estar!
- Mas...

Júlio tentou, mas ficou sem argumentos para retrucar. Queria, no íntimo, ter alguém pra chamar de 'namorada', e gostava de Luciana. Uma menina bonita, de boa educação...

- Tudo bem! Vamos tentar ver se isso vai dar certo!
- Você vai ver, Ju, não vai se arrepender!
- (Assim espero) pensou... Semana que vem eu combinei com o pessoal de passar um final de semana em Floripa. Nos vemos lá!

Chegado o dia... Julio e Luciana se encontram... se beijam. Ela jura que vai fazer dar certo... mas ele permanece um pouco cético. Disposto, porém, cético.
Depois da tal oficialização do namoro, foram passear na praia...

Passa uma mulher gorda, feia, com a bunda que mais parecia um panetone de tantos furos, e um nano biquini. Julio, indignado com tamanha falta de bom senso da moça, olha para o amigo ao lado e solta um ''Cara, olha aquilo!''
''Aquilo'' foi a gota para um ataque de ciúmes de Luciana... Que ficou furiosa com o fato de Julio ''ter olhado para uma bunda de mulher, sendo que eles estavam namorando.''
E foi ali, depois de menos de 24 horas, que Julio vê terminar o seu namoro.

Pelo menos, ele economizará dinheiro para a viagem do carnaval.

7 comentários:

Renan.Pires disse...

Ainda bem que não estamos tão longe! s2

ya disse...

ri litros da imagem!!!!!!!

Beijoos =)

Davi disse...

huashsuhuashuashu muito bom flor!

beeijos =]

Renan.Pires disse...

ainda bem que não estamos tão longe! sz.

Anônimo disse...

meu deeeeeeeeeeeeeeeeus

Sguillaro [Scout] disse...

"isso daria um conto..." mas com quem aconteceria uma coisa dessas?

jefhcardoso disse...

Vai entender a cabeça da mulher ciumenta...
Jefhcardoso do
http://jefhcardoso.blogspot.com